Manifesto

Conectando projetos e pessoas em prol de cidades mais seguras

Manifesto por cidades inclusivas

 

Vivemos tempos guiados pela renovação. Buscamos inovação, construção de novos paradigmas, possibilidades e oportunidades. Nosso país enfrenta profunda crise moral, política e, consequentemente, urbana. A população clama por mudanças estruturantes. Não suportamos mais o descaso com nossos recursos, com nossa cultura, com nossos espaços, com nossas pessoas. Cansados de atuar apenas como observadores da indiferença aos nossos direitos, nos dispomos a criar novos caminhos para seguir.

Desta vontade de trilhar o novo, surge a inCities. Uma Rede para Cidades Inclusivas que busca conectar, articular e promover ações em prol de cidades mais seguras e acessíveis. Para todas e todos. Um coletivo de projetos e pessoas obstinado por desenvolver espaços que promovam acesso seguro e inclusivo à cidade, à moradia, ao transporte e ao lazer. Sem esquecer de ninguém.

Cidades que acolhem

Queremos cidades seguras. Queremos cidades inclusivas. Queremos cidades que se permitam acolher pessoas diversas. Queremos cidades e espaços urbanos saudáveis, que promovam deslocamento democrático por suas calçadas, ruas e praças. Queremos igualdade no direito de se sentir seguro no espaço, na percepção de segurança. Queremos nos sentir bem ao andar na rua. Queremos poder ir à padaria, à escola, ao trabalho e à farmácia em um único percurso, e sem medo.

Queremos poder andar à noite sem sofrer qualquer violência oriunda daquilo que somos. Queremos não ser assediadas, violentadas, estupradas. Queremos caminhos iluminados. Queremos questionar os altos muros e as calçadas estreitas. Queremos mais responsabilidade de todos com relação ao território – público e privado. Queremos não ter mais medo da natureza solta e do mato alto dentro de um terreno vazio.

Queremos usar o transporte público. Queremos andar de bicicleta. Queremos que saias sejam apenas roupas de calor, não convites para assédio. Queremos poder andar sozinhas quando convir. Queremos poder escolher nossos meios de transporte sem considerar o medo como o mais relevante fator de nossas escolhas. Acreditamos que cidades seguras para as mulheres serão cidades seguras para todos. Queremos que todas, independente de nossa classe social, possam se deslocar segura e igualmente por suas cidades.

Queremos que nossas inseguranças sejam levadas em conta. Queremos que mulheres parem de sofrer abusos em suas cidades todos os dias. Queremos livre deslocamento. Queremos moradia segura e queremos chegar seguramente em nossas casas. Queremos fazer e nos sentir parte. Queremos tomar posse dos espaços que também nos pertencem.

Uma cidade política

Queremos cidades que representem todos os seus habitantes, e não apenas uma pequena parcela que detém hoje poder de decisão político e urbano. Entendemos que o contexto de desenvolvimento urbano inseguro para mulheres, crianças, idosos e pessoas com deficiência está diretamente relacionado a uma representatividade ainda muito desigual nas esferas de poder. Queremos todos representados ao decidir por nossas cidades. Queremos paridade de gênero nas Câmaras – queremos diversidade na decisão urbana.

Queremos políticas públicas que garantam nossa segurança e que construam cidades inteligentes e inclusivas. Queremos diversidade ampla na construção de tais políticas. Queremos informação, queremos envolvimento acadêmico e uma representação científica da realidade. Queremos que tais estudos sejam levados em conta nas construções políticas urbanas.

Acreditamos que precisamos chegar a uma compreensão coletiva da relevância de um deslocamento cotidiano sem medo. Precisamos compreender, como sociedade, o quanto perdemos ao impedir que mulheres se apropriem de todos os espaços públicos. Queremos falar de cidades socialmente inteligentes.

Conectar para mudar

Acreditamos em uma atuação coletiva para criarmos as cidades e os espaços que queremos. Compreendemos que a diversidade de habilidades e entendimentos sobre o mundo construirá a melhor forma de reinventarmos ambientes urbanos.

Queremos cidades que dialoguem com os diferentes setores da sociedade, e garantam igualdade de acesso a todos os espaços e infraestruturas. Queremos conectar a todos, garantindo que redes individuais potencializem suas atuações em uma rede coletiva sólida, forte e dinâmica.

Para este novo futuro, novas cidades e uma nova sociedade mais inclusiva e segura para todas e todos, acreditamos no poder de nossas conexões. Conexões de pessoas, habilidades, projetos e iniciativas. Conexões de visões, de ideologias e sonhos individuais em prol de um sonho coletivo de país de fato inovador ao acolher suas diversidades.

Por isso te convidamos: conecte-se conosco!